Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/blogd397/public_html/wp-content/plugins/quick-adsense-reloaded/includes/post_types.php on line 46

Leia ouvindo: Kings Of Leon – I want you

Acordei com um fecho de luz que vinha da janela mal fechada. Uma espreguiçada mais longa e logo uma mão segurava minha cintura, como quem diz “onde você pensa que vai?”. O meu corpo falou pelo silêncio da manhã. Eu não iria a lugar nenhum. Por mim, cancelaria a agenda de compromissos e ficaria ali. Por sorte, ainda era bem cedo, o dia podia começar mais tarde.

Era um bom lugar para estar. Acordar ao lado da melhor escolha dos últimos tempos, não precisava de mais nada, ele estava ali. A rara sensação de ter encontrado um porto seguro extra em meio à manutenção do próprio.

“Esta tudo bem agora”.

Está. E como é boa essa sensação de certeza. Agora. Se eu soubesse que o agora seria tão bom, viveria antes. Eu e o meu velho hábito de criar expectativas. Eu e o meu velho hábito de alimentá-las.

Se a gente soubesse viver o agora, tudo seria mais inteiro. Menos frio, menos morno, mais quente e intenso.

(E se me permite um conselho, seria justamente para viver intensamente o agora. Seja consciente do presente e tente de verdade não se preocupar com o futuro.)

 

Fotografia: Paulo Manzato Jr. 

A consciencia do agora é linda. Tudo que eu tinha ali era a gente. A respiração tranquila de quem acabou de acordar, com barulho de corações batendo e pele. Já era o bastante para ser especial.

Já foi dolorido abrir mão do amanhã para viver o hoje. Depois, apesar dos velhos hábitos, você acostuma e mata de inveja a ansiedade com a sua paz de espirito. Você pode desejar que amanhã seja melhor que hoje, mas não precisa focar sua preciosa energia nisso.

Sabiamente o universo está conectado com o agora. Agora importa. Amanhã ele movimenta de novo. Amanhã ele te presenteia de novo.

Por agora, aproveito a preguiça. Uma movimentação maior na cama. Uma movimentação maior na casa. Desperto de vez, o agora me presenteia com café na cama.

Me vem Caio Fernando Abreu e seu clássico pedido: “Um café e um amor, quentes por favor!”.

Um suspiro aliviado.

Agora, tenho os dois.

Juliana Manzato

Juliana Manzato

Apaixonada por amor, cachorros, textos e coisas inspiradoras.Adora fotografia, mar, sol, doce de padaria, verão e olhar o céu azul. Faz da vida poesia e textos. Muitos textos!Sonhos? Vive deles
CAFÉ |Cotidiano Dela| por: JuManzato
Classificado como: